Plano de Ação Emergencial de Barragens

Professores
Rafaela Baldi Fernandes, Luiz Paniago Neves

Calendário

Em breve

Horário

Horário
Em breve

Local

Local
Em breve

Sobre o Curso

Curso de elaboração do plano de ação de emergência, monitoramento e avaliação de segurança de barragens, estudos de dam break

TURMA EXTRA CURSO PAEBM - Teremos uma turma de 10 a 12 de Julho e outra extra de 12 a 14 de Julho. 

** As inscrições para a turma de 10 a 12 de julho estão encerradas. Novas inscrições serão enviadas para a turma de 12 a 14 de Julho.

DETALHES DO CURSO:

A proposta de curso é dar aos participantes um conteúdo para que estes possam utilizar na prática, na elaboração, construção e validação dos Planos de Ação Emergencial de Barragens.  O objetivo primordial do curso é que o aluno tenha conhecimento específico para a elaboração de um PAE completo, para que possa ser aplicado às suas reais necessidades, de acordo com as características de cada empreendimento. 

Para isso, buscamos uma base sólida a partir do conhecimento técnico dos processos de projeto, construção, operação e monitoramento de barragens, que desencadeiam processos que visam a observação, detecção e caracterização de eventuais deteriorações que constituem risco potencial às condições de sua segurança global da estrutura. Mostraremos também como subsidiar um "Estudo da ruptura hipotética" (“Dam Break”) das estruturas. 

Cumprida essa etapa de introdução, a prática e os debates se voltam para confecção e execução do Plano de Ação Emergencial de Barragens conforme Lei 12.334/2010, DNPM Nº 70.389/2017 e Resoluções ANA 91/2012 e ANEEL 696/2015. Será demostrada a forma correta e legal da elaboração de um PAE, passo a passo, volume a volume.


QUEM DEVE FAZER ESSE CURSO?

Engenheiros, geólogos, gerentes de operações e de segurança de empresas de mineração, responsáveis por Segurança de Barragens, Ministério Público, Defesa Civil, e outros profissionais e entidades envolvidos com a disposição de rejeitos em barragens.

METODOLOGIA

Diferentemente dos cursos que promovem aulas meramente expositivas e entediantes, o Instituto Minere encaminha para seus alunos, antes do curso, o material digital a ser utilizado, com todo conteúdo e suplementos, para que esses possam se preparar realmente para um debate e acrescentar com a troca de experiências.

Além disso, ao final do curso, apresentamos uma aula prática com a Elaboração de um Plano de Ação de Emergência para Barragens, utilizando como exemplo, um plano ideal para mineração – que atualmente é o que está com a legislação mais avançada em termos das definições. Os alunos podem trazer os PAE`s das suas empresas para discussão entre o grupo.

Após o curso, temos um ambiente virtual voltado para discussões, dúvidas e outras questões pertinentes ao curso.

DESENVOLVA:

- Conhecimentos sobre projetos de barragem e suas relações com a segurança de acordo com a PNSB. 

- Identificação das anomalias e tipos de ruptura.

- Tipos de instrumentação e métodos para identificação dos níveis críticos.

- Análise de estabilidade, condições favoráveis à ruptura e medidas de minimização de riscos.

- Conhecimento para identificar e diagnosticar situações de emergência.

- Estudos de Dam Break.

- Saber o que fazer e tomar as medidas adequadas para situações emergenciais.

- A Lei 12.334/2010, portarias e resoluções associadas, e a Política Nacional de Segurança de Barragens.

Compartilhe com seus colegas de trabalho!

Professores

Rafaela Baldi Fernandes
Professor

Engenheira Civil pela UFMG, Mestre em Geotecnia pela UFOP com a Dissertação “Nova metodologia para unificação do sistema de classificação de barragens de rejeito”. Especialista em Gestão de Risco de Escavações Subterrâneas pela USP/FEUP. Consultora e Engenheira Geotécnica em diversos projetos, construção e operação de barragens, experiência na elaboração de PAE e PSB. Membro da Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e da Associação Brasileira de Geossintéticos. Professora Universitária, Coordenadora de Meio Ambiente no Instituto Brasil e no Departamento de Geotecnia do Instituto Minere.

Luiz Paniago Neves
Professor

Geólogo pela UnB, mestre em Geologia Econômica e Prospecção pela UnB. Especialista Segurança de Barragens pela UFBA e ANA-PTI/Itaipú Binacional. Gestor de Segurança de Barragens e Especialista em Recursos Minerais. Green Belt e Black Belt em metodologia Six Sigma - melhoria contínua de processos. Experiência como Analista Ambiental. Especializado em prospecção mineral focada em recursos e reservas minerais metálicas.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Parte 1: Conceitos para elaboração do PAE

- Tipos de barragens e alteamentos

- Fichas de Inspeção e detecção de anomalias

- Tratamento de anomalias

- Tipos de instrumentação e tratamento de leituras

- Análise de estabilidade

- Mecanismos de ruptura: pipping, galgamento, brechas, percolação, colapso de taludes e fundação

- Tópicos para elaboração de Dam Break e Manchas de Inundação

- Grupo de Ações Coordenadas – Participantes internos e externos

- Procedimentos preventivos (Fase 1) – Inspeção e Monitoramento

- Procedimentos corretivos (Fase 2)

- Procedimentos corretivos (Fase 3) – Pós ruptura

Parte 2: Lei Federal 12.334/2010 - Política Nacional de Segurança de Barragens - PNSB

- Empreendimentos envolvidos na PNSB

- Responsabilidades dos órgãos fiscalizadores e empreendedores

- Classificação e cadastro das barragens 

- Plano de Segurança de Barragens – PSB, 

- Inspeções regulares;

- Inspeções especiais;

- Relatórios de inspeção;

- Declarações de condição de estabilidade;

- Revisões periódicas

- PAE- Plano de Ação Emergencial de Barragens

- Leis e regulamentações existentes sobre barragens

Parte 3: Plano de Ação de Emergência de Barragens (PAE) 

- Detalhamento conforme art. 8°, 11 e 12 da Lei n° 12.334, de 20 de setembro de 2010.

- Histórico de acidentes ocorridos no mundo;

- Conteúdo e obrigatoriedade de elaboração via Lei Federal;

- Conceitos fundamentais de um Plano de Ação Emergencial;

- Diretrizes a serem abordadas para confecção de um PAEBM;

- A confecção de um PAEBM

- Elaboração passo a passo de acordo com a Portaria DNPM nº 5262013, anexo I;

- Detecção, avaliação e classificação de emergência segundo a Portaria DNPM nº 526/2013;

- Resposta aos diferentes níveis de emergência detectados;

- Responsabilidades frente às situações de emergência;

- Fluxograma e procedimentos de notificação;

- Elaborando os estudos de cenários e os mapas de inundação

- Como definir a Zona de Autossalvamento;

- Treinamentos, atualizações e revisões do PAEBM;

- Obrigações legais frente aos órgãos fiscalizadores.

- Sistemas de comunicação com a população a jusante em um PAEBM

?

?

?

Fale conosco

Quer receber mais informações, atualizações e promoções deste curso?

Junte-se a nossos parceiros

que acompanham e recomendam o IM

Assine nossa newsletter