Curso Geofísica Aplicada à Pesquisa Mineral

Uma abordagem com objetivo de potencializar os programas de prospecção mineral e delineação de corpos geológicos, a finalidade é a maximização de cobertura das áreas de pesquisa com redução dos custos para implementação dos projetos

Detalhes do curso

O curso é direcionado a geocientistas, e profissionais de áreas afins, com interesse na aplicação de métodos geofísicos para minimização, e quiçá solução, de problemáticas relacionadas a prospecção mineral e ao mapeamento geológico. Será uma abordagem com objetivo de potencializar os programas de prospecção mineral e delineação de corpos geológicos, a finalidade é a maximização de cobertura das áreas de pesquisa com redução dos custos para implementação dos projetos. A metodologia abrange desde a obtenção de dados livres (Modelo Digital de Elevação – MDE, Geofísicos), o processamento, a integração com demais dados disponíveis (litológicos, estruturais, entre outros), até a interpretação e ofensiva ao alvo (planejamento de sondagem).

O curso terá foco em atividades práticas, cerca de 70%, fazendo para isso uma revisão teórica dos fundamentos básicos de sensoriamento remoto (MDE) e dos métodos geofísicos (magnetometria, gravimetria e radiometria), sempre focando na integração e interpretação para fins de prospecção mineral e mapeamento geológico. As atividades práticas serão desenvolvidas quase que exclusivamente em softwares que serão disponibilizados pelo Instituto Minere através de parcerias (Geosoft). Para aproveitamento máximo do curso, as habilidades mínimas requeridas são noções básicas de GIS (geração de projeto, importação e apresentação de banco de dados; criação de atributos como pontos, linhas e polígonos). Outra habilidade diferencial para aplicação das ferramentas apresentadas é o conhecimento básico de métodos geofísicos (gravimetria, magnetometria e radiometria). São aguardados profissionais das áreas técnicas de geologia e engenharia de minas, além de acadêmicos das diversas áreas relacionadas a pesquisa mineral (físicos, geólogos, engenheiros de minas, entre outras).

Metodologia

Consistirá, essencialmente, de aulas expositivas dialogadas, sempre acompanhadas de exercícios teóricos e práticos (individuais e em grupo), além da exposição frequente de estudos de caso. A estrutura de aula aplicará preceitos modernos e eficientes de transmissão de conhecimento, que considerará ciclos de três dias consecutivos de aprendizagem.

O curso terá foco em atividades práticas, cerca de 70%, fazendo para isso uma revisão teórica dos fundamentos básicos de sensoriamento remoto (MDE) e dos métodos geofísicos (magnetometria, gravimetria e radiometria), sempre focando na integração e interpretação para fins de prospecção mineral e mapeamento geológico.

As atividades práticas serão desenvolvidas quase que exclusivamente em softwares que serão disponibilizados pelo Instituto Minere através de parcerias (Geosoft). Para aproveitamento máximo do curso, as habilidades mínimas requeridas são noções básicas de GIS (geração de projeto, importação e apresentação de banco de dados; criação de atributos como pontos, linhas e polígonos). Outra habilidade diferencial para aplicação das ferramentas apresentadas é o conhecimento básico de métodos geofísicos (gravimetria, magnetometria e radiometria).

Benefícios

Vantagens para sua empresa investir nesse curso:

• Qualificar seus funcionários a processar, gerar e interpretar dados geofísicos, tendo em vista a disponibilidade dos dados livres para quase a totalidade do território nacional, cedidos pelo Serviço Geológico do Brasil – CPRM e outras instituições.

• Qualificarem seus funcionários a auditarem o levantamento, processamento e interpretação de dados geofísicos (magnetometria, gravimetria e radiometria).

Quais as vantagens para a carreira do profissional?

• Capacitar-se em uma ferramenta que é um diferencial profissional, mantendo-se atualizado no mercado e com alto grau de competitividade;

• Conhecer as ferramentas essenciais dos métodos geofísicos potenciais aplicadas na Pesquisa Mineral e no Mapeamento Geológico;

• Melhoria no desempenho nas atividades de trabalho, reconhecimento e estabilidade na carreira.

Público Alvo

Estudantes e profissionais das áreas de Geologia, Engenharia de Minas e técnicos em mineração e geologia com experiência. Aqueles que trabalham diretamente com a pesquisa mineral, suas ferramentas e melhores práticas. São aguardados profissionais das áreas técnicas de geologia e engenharia de minas, além de acadêmicos das diversas áreas relacionadas a pesquisa mineral (físicos, geólogos, engenheiros de minas, entre outras).

Conteúdo Programático

  • • O que é geofísica e como ela é usada na Pesquisa/Exploração Mineral?
  • • Classificação dos métodos geofísicos
  • • Visualização de dados geofísicos
  • • Relação entre fontes e anomalias
  • • Características fundamentais e natureza das respostas geofísicas
  • • Tipos de ambiguidades
  • • Estratégia da exploração geofísica
    - Mapeamento X Alvo
  • • Custos da Geofísica
  • • Etapas da Prospecção Geofísica
  • • Estratégias para delineação de depósitos minerais
  • • Construção de contorno
  • • Aquisição de dados, processamento e interpretação de produtos
  • • Implicações do arranjo de um levantamento
  • • Geração de produtos
  • Prática
    - DEM – Relevo Sombreado
    - Escolhendo as visualizações
    - Delimitando lineamentos
    - Delimitando domínios
  • • Gravimetria e Magnetometria
  • • O campo gravimétrico da Terra
  • • Redução de dados gravimétricos
  • • O campo magnético da Terra
  • • Redução de dados magnéticos
  • • Separação de variações temporais e espaciais
  • • Processamento de dados gravimétricos e magnetométricos
  • • Aplicação de filtros
    - Gradientes horizontais de primeira ordem (x, y, trend)
    - Gradientes verticais de primeira e segunda ordem
    - Remoção de trend
    - Passa banda
  • • Produtos de interpretação e objetivos
  • • Redundância de produtos
  • • Exemplos de interpretações
  • Prática
    - Mapas gravimétricos e magnetométricos
    - Aplicação de filtros
    - Delineação de lineamentos
    - Delineação de domínios
  • • Radiometria/Gama espectrometria
  • • Elementos de interesse na prospecção/exploração geofísica
  • • Regras de interpretação: Elementos radioativos e as rochas
  • • Interação da radiação e da matéria
  • • Fontes de radioatividade em ambientes naturais
  • • Exemplos de interpretações
  • Prática
    - Mapas radiométricos/gama espectrométricos
    - Canais de K, eTh, eu, Contagem Total
    - Razões (eTh/K, eU/K, eU/eTh, Fator F, ...)
    - Imagem Ternária
    - Traço de lineamentos
    - Delineação de domínios
  • • Análise Qualitativa
  • • Interpretação qualitativa de imagens geofísicas
  • • Relação Geologia-Geofísica
  • • Tipo de terreno X Estratégia para interpretação
  • • Pseudo mapa geológico
  • • Dados geofísicos no contexto do mapeamento
  • • Interpretação objetiva: Mapeando lineamentos e domínios
  • • Interpretação objetiva seguida por uma fase interpretativa
  • • Interpretação Quantitativa
    - Anomalias geofísica e problema inverso
  • • Estimativas de profundidade e a Deconvolução de Euler
  • Prática
    - Grids de perfis gravimétricos e magnetométricos
    - Estimativas de profundidade de fontes
    - Modelos tridimensionais

Professor

Thiago Madeira

Professor

Engenheiro Geólogo formado pela Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto – EM/UFOP, com a monografia “Análise Qualitativa e Quantitativa Geológica- Geofísica para Prospecção de Ouro no Nordeste do Quadrilátero Ferrífero”. Mestre em Ciências Naturais na área de concetração Tectônica / Petrogênese / Recursos Minerais pela EM/UFOP, com a dissertação “Análise Geofísica e Estrutural da Zona de Cisalhamento São Vicente, Quadrilátero Ferrífero, MG, Brasil” (Geologia Estrutural e Geofísica Aplicada). Teve experiência como geólogo de exploração pela Kinross, geólogo de mina pela Jaguar Mining (underground) e AngloGold Ashanti (open pit). Lecionou as disciplinas de Prospecção Geofísica e Interpretação Geofísica pelo Departamento de Geologia da EM/UFOP, além de ter ministrado cursos práticos de Integração e Interpretação de dados SRTM, Geofísicos e Geológicos em entidades como a Society of Economic Geologists (UFMG) e a Society of Geophysists Exploration (UFOP). Atualmente, é geólogo de exploração regional pela Avanco Resources Limited, Província Mineral de Carajás.

Investimento

1º Lote (Até 09/08/2018)

R$ 2.200,00

a vista no boleto ou em até 10x de R$ 240,00

2º Lote (Até 16/08/2018)

R$ 2.400,00

a vista no boleto ou em até 10x de R$ 260,00

Com a palavra, nossos clientes

Instituto Minere vem se destacando como importante formador de mão-de-obra especializada em mineração, preenchendo uma lacuna deixada pelas universidades na formação técnica tão preciosa às mineradoras.

Mario Trota

Geólogo Consultor em Exploração Mineral

As mídias do IM compartilham conteúdos muito interessantes e que agregam alto valor ao nosso conhecimento. A política de desconto a ex-alunos e a acessibilidade aos responsáveis complementam os benefícios. Parabéns!

Diego de Arvelos Nicolau

Engenheiro Geólogo - KINROSS

Excelentes conteúdos e ótimas dicas para nós profissionais...

Natalia Moura

CEFET SF

O IM nos concede uma ótima oportunidade de estarmos atualizados e sermos profissionais cada vez mais preparados para enfrentar os desafios do mundo moderno. Parabéns ao IM por trabalhar em prol do desenvolvimento da atividade mineradora!

Leonardo Souza

Consultor - CLGeo Soluções em Geologia e Mineração

© Instituto Minere

by nerit