Segurança de Barragens - Perda de Estabilidade de Talude

Uma das maiores preocupações a respeito da segurança de barragens é a estabilidade do talude de jusante. Condições inseguras podem levar a um grande deslizamento que ameaça a segurança da barragem.

Um fator chave para a estabilidade é a localização da linha freática ou da zona completamente saturada dos solos dentro do aterro. Em barragens seguras, este nível é bem confinado por baixo da superfície.

Uma vez que os solos que estão completamente saturados não são tão coesos, uma linha freática majoritária pode reduzir a capacidade do talude de resistir a deslizamentos. Isso é muitas vezes observado por infiltrações que ocorrem na face da barragem.

Solos fracos ou mal compactados podem aumentar a infiltração e elevar o nível freático, bem como enfraquecer a barragem, contribuindo para um deslizamento.

Barragens adequadamente projetadas muitas vezes incluem um sistema de drenagem interna, compostos por um filtro de areia e um dreno encoberto. Estes servem como um filtro para prevenir a infiltração de mover qualquer tipo de solo e também permitem que a infiltração seja removida de forma controlada. Isto diminui a linha freática e melhora a estabilidade do talude.

Para barragens com uma linha freática alta, duas alternativas podem melhorar a estabilidade da mesma. Uma é a de adicionar um dreno perto no início da barragem para ambos filtrarem o escoamento e diminuírem a linha freática através de uma controlada liberação da infiltração.

A segunda é adicionar uma berma para maior resistência e melhorar a estabilidade do talude. Isto não rebaixa a linha freática, mas melhora a estabilidade da barragem, acrescentando peso para evitar deslizamentos no aterro.

 

Veja todos esses conceitos representados em um dos vídeos do Curso de Segurança de Barragens do IM.



DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO